gjuniioor

char nick[9] = "gjuniioor";

printf("https://github.com/%s\n",nick);

printf("%s\x40protonmail\x2e\\\bch\n",nick);

puts("5E12 9ABC C2A9 564B C048 2DF9 D327 0D10 BC71 CF75");

Documentário :: Browser Wars - The rise and fall of Netscape and its battle against Microsoft

Nov 4, 2015 • documentario,internet

Informações

“Browser Wars” - ou “Guerra dos Navegadores” - é o primeiro episódio da série “Download: The True Story of the Internet” - ou, traduzido para “A Verdadeira História da Internet” - produzido pela Discovery Channel.

Está disponível no Youtube, e pode ser já acessado clicando nos links a seguir:

  • Inglês - [0]
  • Legendado - [1]
  • Dublado - [2]

Resumo

Alerta de spoiler!!

É mostrado como a criação de um navegador gráfico (Mosaic, o primeiro) para a internet mudou completamente o rudo da coisa. Antes, como é dito no documentário, “tinha de ser muito geek para se empolgar com isso (internet)”, já que as páginas eram apenas textos (tente acessar pelo lynx e terá uma breve ideia) mas a partir do surgimento desse mágico software que transformava o www de simples linhas para hipertexto, com imagens e recursos de áudio e vídeo, a coisa mudou.

Dá para notar a “humildade” de B. Gates em certas partes da narrativa e como a Microsoft foi a se tornar o monopólio quando se trata de PCs, deixando para trás poderosos nomes, como Novel e IBM.

O modo irreverente de trabalho de uma empresa de tecnologia é contagiante desde aquela época, mostrando que pouco importava a idade, se tinha concluído um curso de nível superior, mas sim o expertise em relação à computação.

Um certo sorriso de canto de boca apareceu em meu rosto no momento em que o Thomas Reardon [4] mostra como ficou “boquiaberto” com o fato de o pessoal da Netscape não o venerarem, como era comum, já que se tratava de alguém da grande Micorosft, a poderosa da indústria, a “moda foca”… Nesse ponto, palmas, Netscape-men!! haha

Após o lançamento do então “Netscape Navigator” [5] e o fato de haver um milhão de downloads naquela época tornava a luta entre Netscape e Microsoft algo além da supremacia na web. Como é sabido, o “sistema base” de um computador é o sistema operacional, e nisso a Microsoft tinha o controle inquestionáve do monopólio. Com o surgimento do Netscape e a vinda das pessoas para a “nova web”, essa ideia de que o que importava era o sistema operacional começou a cair por terra.

Dai começa a treta em si! [6] O então advogado da Netscape, Gary Reback [7], mostra que a Microsoft jogava sujo, com ameaças, incêndio em fábricas… Bastante ético, sempre!

“Compraremos sua empresa por um milhão de dólares. É pegar ou largar. Mas se largarem, vamos copiar tudo que fizerem”, segundo Lou Montulli, foi o que representantes da Microsoft disseram. Cópia? Nunca soube que a Microsoft fazia isso! hahaha

Marc Andreessen, co-funfador da Netscape, fez uma declaração à imprensa, chamando o Windows de “um conjunto de drivers de dispositivos mal depurados”. Eitaaaa!! Falou da mãe! Eu não deixava!!!

Foi o ponto inicial para acontecer o que Lou Montulli disse: a Microsoft começou copiar a Netscape. Entrou na briga para valer! Jogo limpo? Não era a cara da empresa… Ameaças, chantagens, uso do poder do monopólio, tudo isso somado ao enorme poderio de influência da Microsoft com seu lindo sistema, Windows, fez a parcela de usuário do Internet Explorer crescer cada vez mais e em outra mão, do Netscape ir por água abaixo. Depois disso, veio a incorporação da empresa pela AOL, e portanto, o fim do sonho de “fazer algo mais” que tinha em mente o pessoal da Netscape.

Conclusão

É até “engraçado” ver sobre a luta dos navegadores Internet Explorer e Netscape. Podemos, de certa maneira, trazer essa comparação para os dias atuais, de várias formas e perspectivas:

  • Chrome vs Firefox
  • Android vs iOS
  • Linux vs Windows
  • Vim vs Emacs
  • Gnome vs KDE
  • PHP vs Java
  • Python vs Ruby
  • Google vs Mundo

No fim das contas, e um ótimo documentário! Mostra como foi que ocorreu a correria para transformar a web no início daquilo que a tornou no que é hoje. Retrata como que é o mundo coorporativo, o mundo que é montado na bolsa de valores, o mundo em que ser “bonzinho” e “besta” são sinônimos, um mundo em que ser justo é utópico.

Portanto, é isso! Veremos mais reviews como esses mais para frente. Se curtiu, deixa seu comentário ai… Participa da discussão, isso melhora nosso entendimento a cerca de algo.

[0] - https://www.youtube.com/watch?v=qQwCx-Ey6x8
[1] - https://www.youtube.com/watch?v=1G3SUTmioQE
[2] - https://www.youtube.com/watch?v=AjItKPhbWNM
[3] - https://pt.wikipedia.org/wiki/Marc_Andreessen
[4] - https://en.wikipedia.org/wiki/Thomas_Reardon
[5] - https://pt.wikipedia.org/wiki/Netscape_Navigator
[6] - http://www.justice.gov/sites/default/files/atr/legacy/2006/03/03/20.pdf
[7] - http://www.garyreback.com/garyreback.html

Gostou do post? Assina o feed e seja feliz!!