gjuniioor

char nick[9] = "gjuniioor";

printf("https://github.com/%s\n",nick);

printf("%s\x40protonmail\x2e\\\bch\n",nick);

puts("5E12 9ABC C2A9 564B C048 2DF9 D327 0D10 BC71 CF75");

Filme :: The Imitation Game

Mar 17, 2016 • filme

Pois bem, assim como os dois últimos Movies Review [0], Ex Machina [1] e BlackHat [2], esse de hoje, The Imitation Game (ou Jogo da Imitação), veio de lá da lista de recomendações feita pelo Ciência Hacker [3], que está disponível aqui [4] e aqui [5].

Esse filme conta um pouco da história de Alan Turing, tido por muitos como o pai da computação, que ao fazer o que seria o primeiro computador para quebrar a Enigma (máquina de criptografia alemã) dá o ponto de partida para o que temos hoje. Olha um trailer dessa obra:

Bem, o filme não tem muito conteúdo técnico. A não ser algumas coisas relacionadas à criptografia - como a cifra de Baele - ou à matemática - como o teorema de Euler. Outra coisa que podemos listar aqui é o tal teste de Turing, que falei um pouco sobre em outro filme review [6].

O foco do filme é mais abordar a questão da vida de Alan Turing e os desafios que eram encontrados, principalmente por conta de ser a época que era. Alguns dos problemas sociais citados:

  • Problema de relacionamento

Pois é, Alan Turing era um tanto quanto difícil de se conviver. Tido como um narcisista e egocêntrico a primeira vista, parando para analisar um pouco podemos ver que se trata de alguém que tem uma certa dificuldade em lidar com a relação com outras pessoas. E não é difícil ver gente assim, portanto, vamos ter calma com os amiguinhos.

  • Descaso com a mulher

Pois é, pela época que era, 19xx, é de se esperar que a imagem da mulher na sociedade era de inferioridade. Mas ainda assim, o filme faz você se surpreender ao ver como eram tratadas, o que elas eram proibidas de fazer, pelo simples fato de não terem nascido homem. Ainda bem que isso mudou! Bem, espero que tenha mudado.

  • Intolerânia com gays

Esse é um outro assunto muito polêmico no filme. Alan Turing era gay, portanto, é uma coisa que não poderia ficar de fora do filme. Para se ter uma ideia, só pelo fato da pessoa ser gay ela poderia ser presa. Imagina só sob que lei igualitária o mundo estava! E novamente: “Ainda bem que isso mudou! Bem, espero que tenha mudado”.

A base para se fazer este filme foi o livro Alan Turing: The Enigma, do Andrew Hodges. Vou colocar esse na lista, pois parece muito bom!

E no mais, não há muito o que falar aqui. Afinal, são postagens que busco discutir a parte técnica sobre as obras cinematográficas. Se não houve tanto conteúdo técnico não há muito o que falar, certo?!

Mas bem, olha, aqui você pode assistir o filme, completo, no Youtube, veja:

Até a próxima, pessoas!!

[0]: https://gjuniioor.github.io/movies
[1]: https://gjuniioor.github.io/movies/ex-machina/
[2]: https://gjuniioor.github.io/movies/blackhat/
[3]: https://cienciahacker.ch
[4]: https://blog.cienciahacker.ch/entretenimento-hacker-1-filmes-e-documentarios/
[5]: https://github.com/cienciahacker/index/blob/master/matrix/arquivos/filmes.md
[6]: https://gjuniioor.github.io/movies/ex-machina/

Gostou do post? Assina o feed e seja feliz!!