gjuniioor

char nick[9] = "gjuniioor";

printf("https://github.com/%s\n",nick);

printf("%s\x40protonmail\x2e\\\bch\n",nick);

puts("5E12 9ABC C2A9 564B C048 2DF9 D327 0D10 BC71 CF75");

Documentário :: The Intenet's Own Boy

Jan 22, 2016 • ativismo,direitos autorais,documentario,biografia,historia real,internet

Aaron

The Internet’s Own Boy (tradução literal: O Menino da Internet) conta a história de Aaron Swartz (muito conhecido por ser co-fundador do site Reddit). Aborda desde seu nascimento e como era uma criança brilhante até sua pós-morte e a forma de como isso mexeu na vida de pessoas a sua volta e até mesmo de outros tantos interessados em correntes ideológicas, como conhecimento livre.

Nesse mês de janeiro de 2016, dia 11, completou três anos desde o suicídio de Aaron Swartz. Muita gente compartilhando coisas em sua homenagem e realmente, o rapaz merece, e muito! Para quem não o conhece, o documentário deixa muito bem explicado seu ativismo e a pessoa bacana que era. Outros posts de amigos dele concretiza ainda mais essa questão (pode ser vista a tradução de um desses posts aqui [0]). Esse texto é bastante emocionante e inspirador também. Algo para se ler e lembrar sempre que precisar de um empurrãozinho.

Aaron era um cara magnífico! Lutou por muitas causas importantes! Entre elas, tem o #stopSOPA e #stopPIPA, por exemplo. Projetos super bacanas também, como o Watchdog [1]. Quer ver um pouco mais sobre ele? Dá uma olhada em seu site: aaronsw.com [2]

Para deixar um gostinho de assistir ao documentário, veja esse trailer:

Logo no início do documentário tem uma passagem do filósofo ativista Henry David Thoreau:

En:
    Unjust laws exist;

    Shall we be content to obey them,
    or shall we endeavor to amend them,
    and obey them until we have succeeded,

    or shall we transgress them at once?

Pt-Br:
    Existem leis injustas;

    devemos nos conter em obedecê-las,
    ou devemos nos esforçar para melhorá-las
    e obedecê-las até que sejam eficazes;

    ou transgredí-las de uma vez por todas?

Isso realmente é um grande questionamento quando se trata de ativismo - em um episódio [3] do podcast Segurança Legal (que está em minha lista dos que sigo [4]) é tratado muito bem essa ideia, portanto, recomendo a todos que ouça.

Um outro questionamento pertinente é: O que é roubo/furto na área da computação? Uma vez que se eu fizer cópia de vários artigos - independente da finalidade - o autor ainda vai permanecer com ele, diferente de roubar um livro físico, por exemplo. Sendo assim, não caberia às mesmas penas, correto? Pela visão da justiça do EUA, muito errado! A intenção deles quererem fazer do Aaron um exemplo não se mostra nada ética. Outro caso de como funciona essa “justiça” podemos ver em um livro muito bacana também: Chefão, do Kevin Poulsen [5].

Como informado no Segurança Legal - no episódio que linkei acima - manter um processo no EUA se torna muito caro. Isso levou Aaron ao chão, tanto financeiramente como emocionalmente. Pessoas próximas a ele conta que ficou deprimido, se afastou de familiares e amigos. Aaron seria, então, uma pessoa emocionalmente vulnerável, como é dito por ele mesmo. Um pouco sobre esse processo pode ser lido nesse documento [6] disponibilizado por esse twit:

Procurando mais na internet sobre o Aaron encontrei esse projeto [7] bem bacana em homenagem a ele.

Antes de finalizar gostaria de deixar uma citação dele que gosto muito:

I try to be friends with everyone, but I hate it when you don't take me seriously.

Eu tento ser amigo de todos, mas eu odeio quando não me levam a sério.

E por fim, deixo aqui o documentário para que vocês possam assistir agora mesmo:

Até mais ver, pessoal!

[0]: http://softwarelivre.org/portal/noticias/como-honrar-a-vida-de-aaron-swartz
[1]: https://github.com/aaronsw/watchdog
[2]: http://www.aaronsw.com/
[3]: http://www.segurancalegal.com/2015/12/episodio-90-hacktivismo.html
[4]: https://gjuniioor.github.io/casts/
[5]: https://gjuniioor.github.io/books/chefao-kevin-poulsen/
[6]: https://www.documentcloud.org/documents/217115-20110719-schwartz.html
[7]: http://www.rememberaaronsw.com/memories/

Gostou do post? Assina o feed e seja feliz!!